fbpx
Servidores do Judiciário Federal de Alagoas farão paralisação de 24h contra o reajuste de 0% nesta quarta-feira (15)

Servidores do Judiciário Federal de Alagoas farão paralisação de 24h contra o reajuste de 0% nesta quarta-feira (15)

Sindjus-AL realizará ato público no prédio das Varas do Trabalho com apresentação do Zé Maravilha e Forró Cabeça

Os servidores do Judiciário Federal de Alagoas deflagrarão paralisação de 24 horas nesta quarta-feira (15) contra o reajuste de 0% do governo Bolsonaro. Neste dia, a coordenação do Sindjus-AL realizará ato público em frente ao prédio das Varas do Trabalho a partir das 9 horas. Haverá comida típica e apresentação cultural do Zé Maravilha e Forró Cabeça.

A paralisação de 24 horas foi deliberada pela categoria na assembleia geral virtual. A mobilização é pela recomposição salarial emergencial de 19,99%, pelo arquivamento da PEC 32/2020, da reforma administrativa, e pela revogação da EC 95/2016, que congela os investimentos públicos por 20 anos.

Sem reajuste salarial desde 2019, os servidores do Judiciário Federal amargam uma inflação de 19,99% nos três anos do governo Bolsonaro, além de sofrerem com o aumento abusivo dos preços de combustível, alimentos, plano de saúde e moradia.

Bolsonaro enganou os servidores públicos dizendo que iria conceder reajuste salarial, e agora diz que não haverá aumento salarial.

Os servidores também estão em mobilização para que o presidente do STF, ministro Luiz Fux, faça a solicitação de reajuste para a categoria, tendo em vista a sobra de R$ 3 bilhões que pode ser revertida para a recomposição salarial dos servidores do PJU.

O Sindjus-AL conta com a participação dos servidores da ativa e aposentados da Justiça Federal, da Justiça Eleitoral e da Justiça do Trabalho na grande mobilização pelo reajuste salarial.

Pin It

afju fja fndc