Fenajufe - Reflexão do Sindjuf/SE sobre o Dia da Democracia

Reflexão do Sindjuf/SE sobre o Dia da Democracia

 

 

 Dia da Democracia, uma reflexão 

Hoje, 25 de outubro, é comemorado no Brasil o Dia da Democracia. Todo dia é dia da democracia, mas, especialmente este ano, não poderíamos deixar de frisar a importância dessa data. Estamos a três dias do segundo turno das eleições, estas que, sem dúvidas, ficarão gravadas na nossa história, marcadas pela fortíssima polarização e pela intensa participação das redes sociais no processo eleitoral. É grande a expectativa de uma profunda mudança – para o bem ou para o mal – no país após esse pleito. 

Apesar do clima de eleição no ar, é preciso lembrar que democracia não se resume ao voto. Para além do seu conceito – regime político que assegura a todos os cidadãos direitos iguais nos processos de tomada de decisão pública – democracia é uma atitude que ultrapassa as fronteiras dos governos e pode e deve estar presente em todos os âmbitos de nossas vidas. Democracia se faz com a participação de todos, todos os dias. 

A nossa, tão jovem ainda, 33 anos, tem muito o que aprender para crescer e se firmar como modelo político que permeia a ação de todos os brasileiros. Vale dizer que o dia 25 de outubro foi escolhido para celebrar a democracia no Brasil em razão do assassinato do jornalista Vladimir Herzog, nesta data em 1975. Herzog morreu numa sessão de tortura no DOI-CODI (Destacamento de Operações Internas - Comando Operacional de Informações do II Exército). A morte do jornalista provocou a primeira reação popular contra os excessos do regime militar de 1964, tornando-se um marco na luta pela redemocratização do Brasil. 

Sindjuf (SE)