SITRAEMG e servidores fazem corpo a corpo com deputados mineiros no aeroporto de Confins

 

 

 

Sitraemg (MG) 

Aderindo à mobilização nos aeroportos, em todo o país, para tentar impedir a aprovação da Reforma da Previdência, o SITRAEMG colocou vans à disposição dos servidores do Judiciário Federal em Minas para irem ao aeroporto de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, na segunda e terça-feira desta semana (dias 11 e 12/12), para abordarem os deputados mineiros que partiam para a semana legislativa em Brasília (DF). Além de se expressarem em faixas e por megafone, coordenadores do Sindicato e demais servidores presentes conversaram com os deputados que encontraram no aeroporto, reforçando o apelo para que votem contra a PEC 287/16, por meio da qual o governo pretende praticamente inviabilizar a aposentadoria de toda a classe trabalhadora, e reiterando o recado de que o parlamentar que votar a favor da proposta não terá os votos dos trabalhadores para se reelegerem no ano que vem. 

Foi conseguido o contato com pelo menos cinco deputados: Leonardo Monteiro (PT), Jô Morais (PCdoB), Laudívio Carvalho (SD), Adelmo Leão (PT), Ademir Camilo (Podemos). Quatro deles se comprometeram a votar com os trabalhadores. Apenas Ademir Camilo não quis se manifestar. 

Semana que vem tem mais mobilização 

A mobilização no aeroporto de Confins vai se repetir na semana que vem: na segunda-feira (18/12) e terça-feira (19/12). No dia 18/12 (segunda-feira), às 14h, sairá uma van do prédio da Justiça Federal (Av. Alvares Cabral, nº 1741), e logo em seguida buscará os servidores no TRE (Avenida Prudente de Morais, 100), depois no TRT (R. Mato Grosso, 468 – Barro Preto) e em seguida se dirigirá ao aeroporto de Confins. No dia 19/12 (terça-feira), haverá van saindo às 6h, seguindo o mesmo trajeto. 

Para reservar o lugar no transporte é necessário que os interessados encaminhem, para o e-mail  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , o nome completo, o Tribunal no qual trabalha, número do RG e o horário que preferir. A reserva é importante para que o SITRAEMG possa disponibilizar transporte suficiente para todos os servidores interessados.