Sintrajufe/RS lança consulta paralela à categoria sobre eleição no TRT4

Sintrajufe (RS)

Em diversas oportunidades nos últimos meses, o Sintrajufe/RS buscou, através de reuniões e requerimentos, garantir a participação dos servidores na consulta do TRT4 sobre as eleições da administração do tribunal. Sem considerar o avanço democrático que a medida representaria, o Tribunal negou a demanda do sindicato. Por isso, conforme prometido, o Sintrajufe/RS está lançando uma consulta paralela à categoria sobre a eleição.

A consulta paralela acontece através da área restrita do site do sindicato (www.sintrajufe.org.br). Ela foi aberta às 15h desta quinta-feira, 21, ficando disponível para votação até às 23h59min do dia 30 de setembro. A consulta se refere apenas ao cargo de presidente do TRT4, e podem votar apenas os sindicalizados lotados na Justiça do Trabalho.

Os desembargadores João Pedro Silvestrin e Vania Cunha Mattos são os candidatos à presidência. O Sintrajufe/RS enviou a eles algumas perguntas para melhor esclarecer a categoria sobre suas propostas. Confira AQUI as respostas.

Através da ação, o Sintrajufe/RS inaugura o uso da área restrita para ampliar a democracia e a participação através dos meios de comunicação do sindicato. Trata-se de um compromisso assumido pela direção, que pretende possibilitar diversas formas de participação eletrônica à categoria. O resultado da consulta será divulgado nos meios de comunicação do sindicato no dia 2 de outubro, segunda-feira.

 

A eleição no TRT4

No TRT4, nos procedimentos oficiais, entre os dias 21 e 25 de setembro os nomes serão submetidos a consulta não-vinculativa junto aos desembargadores e juízes de primeiro grau da 4ª Região. Os votos dos membros da segunda instância terão peso de 5,282 – equivalente à divisão do número de juízes do Trabalho titulares e substitutos pelo número de desembargadores que estiverem na ativa 30 dias antes da consulta.

A eleição do Tribunal, em que apenas os desembargadores votam, acontecerá em 6 de outubro. Na oportunidade, também serão escolhidos o corregedor e o vice-corregedor do próximo período. A posse dos eleitos ocorrerá em 15 de dezembro, no Plenário.