Congresso aprova propostas de alterações que visam fortalecer Sindjus-DF

 

 

 

Sindjus (DF)

No segundo dia de Congresso Extraordinário, os delegados analisaram dezenas de propostas de alteração estatutária, com debates, fomentados num espaço democrático, que destacaram a importância de se aprovar um Estatuto atualizado, coerente e eficaz. 

Neste sábado (17/9), o Congresso aprovou a nova estrutura da Diretoria Colegiada, com o desmembramento de uma coordenação. Desse modo, a pasta de Comunicação, Cultura, Esporte e Lazer foi transformada em duas – Coordenação de Imprensa e Comunicação e Coordenação de Integração Sociocultural. Com isso, o número de coordenadores titulares aumentará de 15 pra 17, e o de suplentes, de 5 para 6, nas próximas eleições, caso essa decisão seja referendada em Assembleia-Geral. 

A pasta de Assuntos Jurídicos e Trabalhistas teve sua nomenclatura alterada para Coordenação de Assuntos Jurídicos, Trabalhistas e Parlamentares, objetivando dar ênfase no trabalho junto ao Legislativo. Importante lembrar que nessa gestão, o trabalho no Congresso Nacional foi redimensionado, com vários grupos formados por dirigentes e servidores atuando na Câmara e no Senado, em especial, no episódio da derrubada do veto. Esse trabalho rendeu frutos e os atuais coordenadores continuam se dedicando ao trabalho de articulação e pressão no âmbito do Legislativo. 

Os delegados analisaram as atribuições de cada uma das coordenações, como que a de Assuntos Jurídicos, Trabalhistas e Parlamentares, que deve manter vigilância quanto a políticas públicas e legislação constitucional e infraconstitucional, elaborando e encaminhando, sempre que necessário, propostas que possibilitem novos avanços sob diretrizes que interessem aos servidores. 

O Congresso encerrou os trabalhos às 21h30 no sábado. Neste domingo os trabalhos reiniciaram às 9h e, segundo a programação, devem se estender por todo o dia.