Fenajufe articula tramitação da data-base no Senado

Fenajufe articula tramitação da data-base no Senado

O coordenador da Fenajufe, Adilson Rodrigues, acompanhou na manhã da quarta-feira, 5, a reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado. Na pauta, o PLS 228/18, tipifica como crime de responsabilidade a omissão do Chefe do Poder Executivo em encaminhar proposta de revisão salarial anual dos salários dos agentes públicos (CF art. 37, X). O projeto fortalece luta pela data-base no serviço público federal.

O projeto estava pautado pra ser analisado pela CCJ, mas o baixo quórum fez com que a audiência fosse encerrada. Outra agravante foi a ausência de relatores dos vários dos projetos em pauta.

Ao término da audiência, o dirigente da Fenajufe reuniu-se com o relator da proposta, senador Hélio José (PROS/DF). A discussão girou em torno de estratégias para assegurar a tramitação da proposta, principalmente frente ao cenário que se desenha com o novo Congresso a partir de 2019.

Adilson Rodrigues buscou ainda reunião com o senador Anastasia (PSDB/MG), que apresentou voto em separado contra o PLS 228/18. O objetivo seria levar ao parlamentar, as considerações da Federação acerca da importância do projeto para a conquista da data-base, mas o senador não se encontra no Brasil, motivo pelo qual a reunião não se efetivou.

Outro encontro do dirigente foi com o senador Tasso Jereissati, do PSDB cearense. Com ele a conversa também girou em torno da pauta de interesse dos servidores, com especial interesse pela data-base. Jereissati é um dos senadores que se lançaram na disputa pela presidência da Casa. A dsputa tem ainda Simone Tebet (MDB/MS), Renan Calheiros (MDB/AL) e Fernando Collor (PTC/AL) também apresentaram pré-candidatura.