Poema do Leitinho - Martinho

 

 

    POEMA DO LEITINHO

                                                                Martinho

Era uma vez uma justiça

Que começou com Joaquim

e terminou com Ricardo;

Foram manifestações,

paralisações e apagões,

e o servidor terminou magoado,

depois de aprovado

houve o regresso

e o congresso

manteve o veto.

Foi a maior

mobilização

do judiciário da nação.

Depois de muita tensão,

frustração e inquietação

não adianta chorar

o leite derramado

pois Temer o leitinho.